Equiparação salarial de acordo com a Reforma Trabalhista

Houve muita polêmica na aprovação da reforma trabalhista. De um lado os empresários alegando que não
Equiparação salarial de acordo com a Reforma Trabalhista
Por Waldemar Ramos Junior • Edição Nº4 • Ver na web
Houve muita polêmica na aprovação da reforma trabalhista. De um lado os empresários alegando que não houve qualquer diminuição nos direitos dos empregados e que a nova legislação apenas trouxe uma atualização necessária no cenário global.
Por outro lado, os trabalhadores e sindicatos alegam que a reforma foi implementada sem uma adequada discussão com os diversos setores da sociedade e da forma como foi aprovada as novas regras trabalhistas trouxe grande prejuízo com a diminuição de vários direitos aos trabalhadores.
Compartilhamos do segundo entendimento. Ao analisar os dispositivos legais aprovados, constatamos que de fato houve um severo estreitamente nos direitos trabalhistas, bem como ocorreu uma lastimável redução no que diz respeito ao acesso à justiça.
Nesse primeiro artigo tratamos da equiparação salarial e nos próximos vamos tratar de outras questões relevantes constantes nas novas regras implementadas na CLT.

Equiparação Salarial CLT Significa Igual Salário Para Igual Trabalho
Devolução de benefício é obrigatório com revogação da tutela antecipada
Curtiu essa edição?
Waldemar Ramos Junior

Boletim semanal sobre questões jurídicas direcionadas para quem quer conhecer os seus direitos trabalhistas, obter algum benefício previdenciário concedido pelo INSS ou solucionar algum litígio na área do consumidor ou família.

Curadoria cuidadosa de Waldemar Ramos Junior via Revue. Se você recebeu essa newsletter de alguém e curtiu, você pode assinar aqui. Se você não quer mais receber essa newsletter, por favor cancele sua assinatura aqui.
Av. Brigadeiro Luiz Antônio, 350, Centro/SP. CEP: 01318-000.